Collecção de tratados e concertos de pazes que o estado da India portugueza fez com os reis e senhores com quem teve relações nas partes da Asia e Africa Oriental desde o principio da conquista até ao fim do seculo XVIII, 3. cilt

Ön Kapak
Imprensa nacional, 1883
0 Eleştiriler
Yorumlar doğrulanmaz ancak Google, sahte içerik olup olmadığını kontrol eder ve tespit ettiklerini kaldırır

Kitabın içinden

Kullanıcılar ne diyor? - Eleştiri yazın

Her zamanki yerlerde hiçbir eleştiri bulamadık.

İçindekiler

Diğer baskılar - Tümünü görüntüle

Popüler pasajlar

Sayfa ii - João por Graça de Deus Rey de Portugal e dos Algarves, d'aquem e dalem mar em Africa Senhor de Guiné e da conquista, navegação e commercio de Ethiopia, Arabia, Persia...
Sayfa 195 - El-Rei. nosso Senhor o mandou por João Telles da Silva e Antonio Rodrigues da Costa, conselheiros do seu conselho ultramarino, e se passou por duas vias.
Sayfa 352 - mandou pelo Dr. Thomé Gomes Moreira, "e Martinho de Mendonça de Pina e Pro"ença, Conselheiros do seu Conselho Ultramarino, e se passou por duas vias.
Sayfa 55 - ... pela dita Ilha, tomando com as mãos a terra, e pedra delia, fazendo outros actos semilhantes, que em direito se requerem, sem no tal tempo se lhe impedir, nem contradizer por nenhuma via a dita posse, e entrega; e assim a tomou com effeito...
Sayfa 35 - Antonio de Mello de Castro: Amigo. Eu EIRey vos envio muito saudar. Pelo Capitulo do que se Contratou com EIRey de Inglaterra, meu bom Irmão, e Primo, sobre o Dote da Rainha Sua Mulher, minha muito amada, e prezada Irman, que será...
Sayfa 55 - Baçaim , e da Feitoria da mesma Cidade , e aonde mais cumprir, e se fazerem nos ditos Livros as declarações necessarias, e para constar a todo o tempo, como se deu esta posse, e se fez...
Sayfa 349 - Conselheiros do seu Conselho Ultramarino, e se passou por duas vias. Pedro Corrêa, a fez em Lisboa, a 9 de maio de 1748. O Secretário Manoel Caetano Lopes de Lavre, a fez escrever. Rafael Pires Pardinho — Tomé Joaquim da Costa Corte Real.
Sayfa 39 - Ilha; e não podem querer mais, do que aquillo que se lhe concedeo por estes Capitulos de Paz , e Tratado de Casamento. Que não admittirá pessoa alguma fugida das nossas terras , por qualquer causa que seja , nem debaixo de algum pretexto a occultaráõ, ou defenderão , por ser esse o meio de conservar a Paz , e amisade entre ambas as Coroas, e com que só se podem evitar escandalos , e damnos no futuro ; e sendo caso que alguma pessoa se passe a elles , se obrigão a manda-la entregar logo ao...
Sayfa 51 - Portugal nfo permittia , mas mandava , que sem duvida , nem dilação alguma , se desse a posse, e se fizesse logo a entrega da dita Ilha de Bombaim , e seu Porto, o que elle Governador Inofrecooque assim o pedia, e requeria', por parte do Serenissimo Rey de Grãm-Bretanha, com as Cartas do dito Vice-Rey que dcsfarião qualquer duvida que podesse haver, as quaes vão aqui trasladadas, que são as seguintes.
Sayfa 47 - Carlos Rei. — D. Abrão Thipman, Fidalgo da Camera Secreta de Sua Magestade , e Governador sobre todas as forças de Sua Magestade na Ilha de Bombaim , nas Indias Orientaes etc. Por virtude da Commissão dada a mim de Sua Magestade da...

Kaynakça bilgileri