Sayfadaki görseller
PDF
ePub

MEMORIAS

DOS

ESTABELECIMENTOS PORTUGUEZES

A

L’ESTE DO CABO

DA

BOA ESPERANÇA,

PELO CONSELHEIRO

MANOEL JOSE' GOMES LOUREIRO,

QUE SERVIO NO EXTINCTO CONSELHO ULTRAMARINO.

beze

LISBOA,

NA TYPOGRAPHIA DE FILIPPE NERY.

ANNO 1835.

Rua dos Ourives da Prala n.. 17.

[ocr errors][merged small][merged small][ocr errors]
[merged small][ocr errors][ocr errors]

Pareccom

areceo

me conveniente publicar alguns dos Regimentos, que regulão Administração Publica da India, porque, contendo disposições, e providencias locaes, póde convir, na Euro. pa, o seu conhecimento, para regular as reformas, que se tenhão por convenientes , em regra , e em excepção, e de conformidade ao Systema Constitucional.

No fim de cada lum dos Regimentos, escrevi algumas notas, e observações, para a sua inteligencia.

Por esta occasião, e com o mes

VI

Iho 130

nhas

ra C

mer

18

mo intento, e na 2.a parte, escrevi alguns apontamentos, e observações, relativas á Administração da Justiça , Fazenda, é negocios militares, tendo á vista as differentes Folhas, em que se dividem as Despezas Publicas da India.

O que me deo occasião de tratar, do estado Civil, Ecclesiastico, e Militar, e acerca de outros objectos, que me forão occorrendo, é sem muita ordem, porque intentando escrever pouco, cheguei a escrever mais do que era o meu intento; e o fiz, segundo os conhecimentos adequiridos, desde 1798, e documentos, que tenho dos Negocios da India.

No apendice dou conta da minha vida publica, desde 1791 ; e parece, que deve isto ser tolerado, a hum empregado, que deixou de o ser, effectivamente, pela extincção do Conse

VII

Tho Ultramarino, e apesar do artigo 130) da Carta Constitucional.

E accrescentei a exposição das minhas ideas, acerca do provimento, para os Empregos Publicos, maiores, e menores, e das dimissões. Lisboa em 1935.

Manoel José Gomes Loureiro,

« ÖncekiDevam »