Sayfadaki görseller
PDF
ePub

DOS CAPITULOS,

QUE SE CONTÉM
NESTA PARTE SEGUNDA.

[ocr errors]

anno de

AP. I. De como chegou a Cananor ne

entrada de Dezembro do quinhentos e oito: e requereo ao Visorey que lhe entregasse a governança da India como El Rey D. Manuel mandava em suas Provisões e do que sobre isso passou.

Pag. 1. CAP. II. Como Gaspar Pereira levou os

apontamentos, que lhe o Viforey mandou , ao grande Afonso Dalboquerque ; e da reposta que lhe deo.

8. CAP. III. De algumas cousas , que o gran

de Afonso Dalboquerque passou em Cochini com Jorge Barreto : e da Carta , que lhe escreveo Lourenço de Brito Capitão de Cananor, e da reposta que lhe mandou.

IS. CAP. IV. Como o Visorey D. Francisco

Dalmeida , depois de desbaratar os Bimes , se partio de Diu , e veio ter a las nanor coin Lourenço de Brito, daki pera Cochim: e do que passou com o grande Afonso Dalboquerque ein chegando. 21.

CAP.

* i

boquerque

CAP. V. O que o Visorey passou com Gaf

par Pereira , e Ruy de Araujo, e os maOfficiaes da Feitoria , sobre esta prátiça que teve com o grande Afonso Dal

25. CAP. VI. O que passou Visorey com Gaf par Pereira , e o recado

, que por elle mandou ao grande Afonso Dalboquerque: e como deo conta aos Officiaes da Feitoria de Cochim é a Forge de Melo, e a outros Capitães do que passava ácerca da pimenta , e o que Anchecale com elles pasou na Feitoria.

30. CAP. VII. Como Francisco de Tavora , por

algumas palavras, que ouve com Jorge de Melo Pereira sobre o grande Afonso Dalboquerque, o mandou desafiar, e do mais que niso passou : e da chegada de

Diogo Lopez de Sequeira á India. 37. CAP. VIII. Do requerimento, que Jorge

Barreto, e João da Nova, com parecer de alguns Capitães , fizeram ao Visorey D. Francisco Dalmeida , que não entregagne Fidia a Afonso Dalboquerque : e

de.conse17o que sobre isso todos tiveram. 42. CAR IX; Das cousas, que passaram depois

stebe. conselho : é como o Visorey mandou prejder: Foão de Christus Frade da Ordem de Sanéto Eloy, é o que se niso pas fou.

CAP.

48.

nor

[ocr errors]

CAP. X. Como sabendo o grande Afonso

Dalboquerque a prizão de Foão de Christus , foi falar ao Vi forey fobrelle : e coo mandou prender, e levar - Canae derribar as casas , em que

vivia.

53. CAP. XI. Como chegou a Cananor D. Fer

nando Coutinho Marichal de Portugal, e dali levou comfigo o grande Afonso Dal

boquerque pera governar a India. 57. CAP. XII. Como o Marichal dise ao gran

de Afonso Dalboquerque, que El Rey Dom Manuel mandava, que se destruise a Cidade de Calicut , é do que niso pasi

64. CAP. XIII. Como o grande Afonso Dalbc

querque, eo Marichal deram conta ao
Rey de Cochim da sua ida sobre Cali-
cut: e do conselho , que tiveram com os

Capitães sobre isso.
CAP. XIV. Como estando o grande Afonso

Dalboquerque prestes pera le partir, che-
gou Vasco da Silveira de Çocotorá com
recado de Duarte de Lemos a pedir-lhe

navios , e gente, e do que niso passou. 73. CAP. XV. Como o grande Afonso Dalbo

querque , e o Marichal partiram pera Calicut com sua Armada: e do conselho, que tiveram sobre o desembarcar, e do mais que passou.

28. CAP.

ram.

67.

CAP. XVI. Como o grande Afonso Dalbo

querque, e o Marichal entráram a Cidade de Calicut e foram as casas do Çamorim, e os nosos desbaratados, e o

Marichal morto, e o mais que passou. 82. CAP. XVII. Do que o Çamorim fez quan

do soube , que os Portugueses tinham entrado a Cidade de Calicut : e como o grande Afonso Dalboquerque mandou Frei Luis a Narsinga dar conta ao Rey do que pasfára em Calicut, e do mais que fe passou.

88. CAP. XVIII. Como o grande Afonso Dal

boquerque fez prestes fua Armada com determinação de entrar o estreito do mar Roxo : e do conselho, que teve pera ir Sobre Goa.

98. CAP. XIX. Como o grande Afonso Dalbo

querque fe fez á véla do porto de Mergeu , e foi surgir avante do Castelo de Cintácora : e o que passou con Timoja , e

como dali foi surgir na barra de Goa. 103. CAP. XX. Como o grande Afonso Dalbo

quèrque mandou D. Antonio de Noronbe e outros Capitães fondar o rio : e como tomaram o Castelo de Pangij., que está á entrada da barra, e do mais que paf fou. CAP. XXI. Como os Governadores da Cidade de Goa entregáram as chaves del

la

108.

« ÖncekiDevam »