Sayfadaki görseller
PDF
ePub

1661 Novembro

3

dade de foros, que baste a tirar o dinheiro com que me serve para esta occazião, visto não achar pessoas, que comprem juros sobre suas rendas; e quando as ache, então poderá distratar os que agora vender. E do que a Camara nisto fizer me dará conta com toda a brevidade. Em Lisboa a 3 de Novembro de 1661. Com a Rubrica da Rainha.

Decreto de 23 de novembro de 1661, em que se facilita a compra de soros

do Senado de Lisboa, para ajuda do dote da Rainha

da Gram Bretanha, D. Catharina

(Arch. da Camara Municipal de Lisboa, original, colligido no L.° 2.°

de Consultas e Decretos d'El Rei D. Affonso VI, fol. 112.)

1661 Novembro

23

Por decreto de 3 do corrente mandey ordenar ao Senado da Camara, vendese logo a quantidade de foros, que bastasse a tirar o dinheiro, com que me serve para ajuda do dote da Raynha da Gram Bretanha, minha muito amada e presada Irmã, visto não achar pessoas, que comprem juros em suas rendas, e que quando se achassem, então se poderião distratar os foros, que agora vendesse. E por que não haverá quem com esta cláusula compre os ditos foros, nem será justo, que hữa vez comprados, se desfaça a venda delles; hey por bem, que as pessoas, que os comprarem, o fação para sempre, e para que em tempo algum se lhes não possão tirar, nem desfazer a dita venda. Em Lisboa a 23 de Novembro de 1661. Com a Rubrica da Rainha.

[ocr errors]

Carta d'ElRei D. Affonso II nomeando a Duarte da Silva seu procurador, para entregar a ElRei da Gran Bretanha, Carlos II,

o dote da Infanta D. Catharina

(Torre do Tombo, Mss. de S. Vicente. T. 20.', p. 268.)

1662 Abril

8

Dom Affonso por graça de Deus, Rey de Portugal, e dos Algarves, daquem, e dalém Mar em Africa, Senhor de Guiné,

1662 Abril

8

e da conquista navegação, commercio da Ethiopia, Arabia, Persia, e da India etc. Faço saber aos que esta minha Carta de poder, e procuração virem, que tendo respeito á muita confiança que faço da prudencia, verdade, e zello de meu serviço, que se acha em Duarte da Silva, fidalgo da minha caza, e ao acerto, com que procedeo nos negocios de que o encarreguei, esperando delle, que neste tão grande, de que hora o encarrego, proceda muito a minha satisfação, me praz e hey por bem nomeálo, como por esta nomeyo meu procurador, com poder de sobestabelecer, para entregar á ordem de Sua Magestade da Grão Bretanha El Rey Carlos Segundo meu bom Irmão e Primo o dote, que se lhe prometeo com a Infanta Dona Catharina, minha muito amada, e prezada Irmãa, e para receber, e beneficiar os effeitos delle, fazendo-os vender, e trocar para entregar o dinheiro na forma da Capitulação de que com esta se lhe entregará hum treslado, dispondo tudo de maneira que lhe parecer mais util a minha fazenda, e mais conveniente a meu serviço, cobrar quitações do que entregar, e fazer tudo o que lhe parecer, para melhor conclusão, e ajustamento do negocio; e o por elle, ou seus sobestabelecidos feito nesta parte, haverey por bom, firme, e valioso, como se por my fora feito, e acordado, sem embargo de quaesquer leys, direitos, e costumes, que haja em contrario, porque todos hey por derrogados pera este caso, como se delles fizera aqui particular e expressa mensão, tudo de meu motu proprio, certa sciencia, poder real, e absoluto, no melhor modo e forma, que de direito puder ser; e por firmeza de tudo o que dito he, lhe mandei dar esta carta por my assinada e sellada com o sello grande de minhas armas. Dada na cidade de Lisboa aos oito dias do mez de Abril. Luiz Teixeira de Carvalho a fez Anno do nacimento de nosso Senhor Jesus Christo de mil seiscentos e sessenta e dous. Pedro Vieira da Silva o fiz escrever. A RAYNHA.

Registo do auto de assentamento do casamento de Carlos II

com D. Catharina de Portugal

(Quadro elementar, 1. 17.", p. 262.)

1662 Maio 21 31

O nosso muito gracioso Soberano, o Senhor Carlos Segundo, pela graça de Deus Rei da Gran-Bretanha e Irlanda, e defensor da fé, e a muito illustre Princeza Dona Catharina, Infanta de Portugal, filha do fallecido D. João Quarto, Rei de Portugal, e irmã do presente Rei D. Affonso, fôrão casados em Portsmouth, quinta feira vinte e um de Maio (estylo antigo) do anno de Nosso Senhor de 1662, decimo quarto do reinado de Sua Magestade, pelo muito reverendo padre em Christo, Gilberto, Bispo de Londres, e Deão da real capella, na presença de toda a nobreza dos reinos de Sua Magestade e de Portugal.

Fim do Tomo II

INDICE

DOS

DOCUMENTOS CONTIDOS N'ESTE TOMO

Pag.

Portaria do Ministerio dos Negocios Estrangeiros.

V Carta ao Ex.mo Ministro dos Negocios Estrangeiros

VII Noticia preliminar.

IX 1604 Marco 19-Valhadolid -Alvará de El-Rey sobre se

não fazerem forças a El-Rey Choutiá
no pagamento do Chouto que tem nas
aldeas de Damão ..

81 1604 Agosto 28/18 – Londres- Artigo 2.o do Tratado de paz,

, alliança e commercio entre o Rey Catholico D. Filippe III e os Archiduques Alberto e Izabel Clara Eugenia, seus irmãos de uma parte, e o Rey de Inglaterra Jacobo 1 de outra, a que se refere o artigo 7.o do Tratado de 15 de Novembro de 1630....

36 1614 Março 7 - Goa - Provisão do Viso-Rey D. Jero

nymo de Azevedo sobre a arrecadação
ao chouto pela Cidade de Damão para
as despezas da guerra

83 1629 Fevereiro 17 - Madrid - Carta Patente do Cargo de

Viso-Rey da India a Dom Miguel de

Noronha, Conde de Linhares.... 53 1630 Novembro 15 — Madrid — Tratado de paz, confederação

e commercio entre Filippe IV de Hes

panha e Carlos I de Inglaterra ,.. 16:32 Dezembro 4 – Candea — Poder do Rey de Candea ao

seu Embaixador para tratar as pazes e
jural-as...

45 1632 Dezembro 5 — Candea — Carta de El-Rey de Candea

para o Viso-Rey Conde de Linhares... 39

[ocr errors]
[ocr errors][merged small]

40

38

[ocr errors]

a

46

47

50

- Capitulo das pazes que pede El-Rey de

Candea a Sua Magestade para sempre,

cujas condições são as seguintes.... 1633 Abril 15 - Goa - Contrato de pazes feito com El Rey

-
de Candea Maastaná, sendo Viso-Rey

da India o Conde de Lipliares
1633 Abril 15 - Goa -- Termo de juramento das pazes sei-

tas com o Rey de Candea a 4 de De

zembro de 1632...
- Memorial que faz El Rey de Candea ao

Viso-Rey, em que lhe pede as mercês
que

estiverem em sua mão, e seja seu
terceiro para com Sua Magestade lhe
fazer outras que elle lhe pede, e mostra

ter rasão e justiça
1635 Janeiro 20 - Goa Assento feito entre o Viso-Rey o

Conde de Linhares, e Guilherme Me-
thewold, Presidente da Companhia de
Inglaterra, para se haverem de guar-
dar as pazes celebradas en Madrid, em
15 de Novembro de 1630 entre El Rey

de Portugal e o da Gram Bretanha ...
Dezembro 14 - Westminster — Patente de Guilherme Me.

thewold, Pesidente da Companhia dos

Mercadores Inglezes na India... 1635 Março

12— Damão - Contrato de pazes entre o Rey
da Asarceta e

o Capitão de Damão
Francisco de Sousa e Castro, no anno
de 1635, ratificadas no anno de 1670

com outras de 1719......
1638 Abril 15— Conclusão e assento que fez o Padre

Frey Fernando de Lahore por ordem
do Viso-Rey e Capitão geral da India,
com Adamus Wester Vuolt, General dos

Hollandezes....
1638 Julho 9- Nomeação de Antonio Moniz Barreto para

Embaixador á Côrte do Idalxá...... 1638 Julho 20 — Advertencias que se derão ao dito Em

baixador.... 1638 Agosto

11 — Goa — Regimento que levou Antonio Mo

niz Barreto.
-Lista do custo do Sagoate que foi ao Rey

Idalsá pelo Embaixador Antonio Moniz
Barreto...

57

61

86

88

88

89

98

« ÖncekiDevam »